Ozônio na Indústria Têxtil

ozonio-na-industria-textil

A indústria têxtil possui um dos processos de maior geração de poluentes, que vai desde a utilização de fertilizantes artificiais e pesticidas na fase de cultivo de matérias-primas, passando pelas inúmeras fases no processo de produção, como os corantes, fosfatos e metais pesados utilizados, até chegar nos resíduos do processo de fabrico, como por exemplo os iodos.

Tudo isso acaba gerando uma carga enorme de efluentes (Efluente Têxtil), e devido à grande variedade de fibras, corantes, produtos auxiliares e de acabamento, tipos de equipamentos e processamento, esses efluentes possuem grande diversidade e complexidade química. Além disso, a temperatura elevada e pH de alguns dos processos agravam ainda mais essa situação.

A legislação ambiental está cada vez mais restritiva, e as fábricas vem buscando alternativas de tratamento que permitam maximizar a remoção desses efluentes, e o Ozônio tem sido a opção ideal, pela sua grande eficácia e por não gerar rastros residuais ao meio ambiente.

Além disso, a OZONIC oferece ao mercado brasileiro Geradores de Ozônio com tecnologia de ponta 100% nacional, ou seja, com garantia de qualidade e suporte técnico total, por um baixo custo.

perguntas