Apresentação OZONIC VET

O que é Ozônio ?

Ozônio quer dizer “cheiro, do Grego “ozein”

O Ozônio é um gás, incolor e de odor característico, produzido no local de uso, por um equipamento que transforma o Oxigênio (O2) em Ozônio (O3), através de uma descarga elétrica (efeito “CORONA”) de alta voltagem.

Não pode ser armazenado. O ozônio é uma forma alotrópica do oxigênio, pois este é uma molécula diatômica (O2) e o Ozônio é triatômica (O3). O ozônio é uma forma “modificada” do Oxigênio.
ozonio-formulaPropriedades do Ozônio:

half-life-of-ozone

Ozônio X Cloro – Desinfecção:

ozonic-taxa-relativa-de-desinfeccao-ozonio-cloro

Compatibilidade do Ozônio com Materiais:

ozonic-compatibilidade-dos-materiais-com-ozonio

Tipos de Geradores de Ozônio e seus aspectos:

Luz UV   –   manutenção cara, com produção pequena de Ozônio
Plasma frio   –   alto custo e gera alotrópicos O4… O5…
Corona   –   é a maioria dos geradores

Ozônio para Ozonioterapia só pode ser gerado a partir do oxigênio medicinal, pois o produzido através do ar atmosférico vai gerar , junto com o ozônio compostos tóxicos.

Como ajustar a concentração necessária no Gerador OZONIC VET ? Existem duas variáveis que influenciam :

Vazão ( litros por minuto) do oxigênio – controlada pelo regulador de O2 OZONIC

ozonic-manometro-indicador-de-o2

Pelo ajuste do botão – de 0 a 10 no gerador OZONIC VET

ozonic-ajuste-de-potencia

A maioria dos Geradores usa uma Tabela para estes ajustes , mas a OZONIC usa um aplicativo para você instalar em seu celular :

ozonic-aplicativo-ozonio

ozonic-aplicativo-ozonio-apple-e-android

ozonic-ajuste-de-dosagem-gerador-de-ozonio-ozonic-vet

OZONIOTERAPIA:

Somente produzir Ozônio através de oxigênio medicinal, onde :

95% é oxigênio 5% é Ozônio.

CUIDADOS :

  • Não causar lesões
  • Utilizar dosagem de acordo com o efeito farmacológico desejado (imuno-modulatório, anti-inflamatório e analgésico e antiséptico).

FARMACODINÂMICA:

  • Terapia de estresse oxidativo controlado
  • Leva a enzimas moduladoras
  • A base de funcionamento é a de Radicais Livres

Como age o ozônio no sangue ?

  • Pequeno estresse oxidativo
  • Pré-droga:
    ROS – Radicais Livres
    LOPs – Lipoperóxidos

Ao sinal do estresse oxidativo o organismo reage com ação antisséptica.

  • ROS – fase inicial:
    – Meia vida – 60 segundos
    – Rapidamente degrada pela catalise
    – Sintese de GSH
    – Aumenta glicose nas hemácias
    – Oxigenação tecidual
    – Atua só no local da aplicação.
  • LOPs – fase tardia
    – Lipídios oxidados – os lipídios oxidados pelo Ozônio geram lipoperóxidos, que geram o efeito sistêmico.
    – Os radicais livres agem nos eutrócitos, liberando oxigênio. Eles aumentam o ácido nítrico, a perfusão regional, devido à vasodilatação.
    – Aumentam os mega eritrócitos , a concentração de oxigênio e a entrega.

 O Ozônio deve ser ministrado em doses terapêuticas:

ozonic-doses-terapeuticas-de-ozonio

 NOS INTERVALOS TEM AÇÃO DUPLA: imuno e anti-inflamatória ou anti-inflamatória e antisséptica.

 ozonic-efeito-farmacologico-do-ozonioO Ozônio tem efeito famacológico de acordo com sua dosagem. No gráfico acima vemos a dose em microgramas por ml no eixo X e seu efeito no eixo Y.

Vemos que em doses baixas , a partir de 10 microgramas/ml temos o efeito imuno modulatório, que atinge seu ápice com 20 µg/ml e volta a zero com 45 µg/ml, onde substitui DMSO.

O efeito anti-inflamatório e analgésico atinge seu ápice e termina com a dosagem de 70 µg/ml, onde o efeito antisséptico está no máximo, decrescendo até zero na concentração de 90 µg/ml.

Nos intervalos entre as concentrações, como por exemplo na concentração de 30 µg/ml temos o efeito duplo, ou seja, temos imunomodulatório e anti-inflamátorio numa mesma dose. O mesmo ocorre na concentração de 50 µg/ml, onde temos anti-inflamatório e antisséptico.

Formas de aplicação :

  1. Intravenosa:
    Coleta de sangue venoso em seringa na proporção 1×1 . Exemplo 5 ml de sangue + 5 ml de gás ozônio . Primeiro coleta-se o sangue e depois coleta-se o ozônio, misture os dois – o sangue irá tornar-se cor rosa e reinjeta-se no musculo.
    Indicações: dermatopatias, alergias, papilomatose – 5 a 10 sessões.
  2. Intravenosa:
    Solução salina 0.9% ozonizada – 40-80 µg/ml,sendo que a concentração reduzira para 25%.
    Indicações: afecções sistêmicas, adjuvante – 5 a10 sessões.ozonic-ozonicvet-aplicacao
  3. Intramuscular paravertebral:
    5 ml de ozônio (gás) acima da cadeia simpática , 2 cm de profundidade ( pontos de acupuntura ) 20 µg/ml , agulhas de 30×8
    Indicação: lombalgias 2 x semana até melhorar. Antissepsia local antes das aplicações.ozonic-ozonicvet-aplicacao-intramuscular-de-ozonio
  4. Insuflação retal / vaginal Dor, adjuvante , usar sonda estéril, na extremidade da mangueira.ozonic-ozonicvet-insuflacao-retal-vaginal-de-ozonio

Farmacodinâmica do Ozônio :

Terapia de estresse oxidativo A base de funcionamento é de radicais livres As proteínas plasmáticas são carregadoras

O que o ozônio provoca no sangue :

Pequeno estresse oxidativo, Pre-droga:
ROS – Radicais livres
LOPS – Lipoperóxidos

Ao sinal de estresse oxidativo o organismo reage assim – ação antisséptica.

ROS: Fase inicial
Rapidamente degrada pela catalise
Sintese de GSH
Aumento de glicose nas hemáceas
Curva de dissociação Hb
Oxigenação tecidual
Atua só no local da aplicação.

LOPS: Fase tardia
Lipídios oxidados
Aldeido 4- HNE
Os lipoperóxidos guiam o efeito sistêmico
Os radicais livres atuam nos eritrócitos aumentando a liberação de oxigênio
Aumento de ácido nítrico e perfusão regional devido a vasodilatação.
Na medula ativa os megaeritrócitos

Efeito Antioxidante:
Grande estímulo de enzima oxidante diminui o marcador de albectina assim diminuindo a aderência. Causa neo-vasodilatação

Efeito anti-inflamatório e analgésico:
Aumento da cicatrização pois tem estímulo para fibroblasto e reciclagem de colágeno e facilita o poder do macrofago de eliminar o tecido velho.

ozonic-ozonicvet-gerador-de-ozonio-veterinario

OZONIC – pioneira na fabricação de Geradores de Ozônio

29 anos fazendo história.

Pioneira na fabricação de Geradores de Ozônio